CARTA AOS VEREADORES DE SÃO LEOPOLDO

July 27, 2016

Srs. Vereadores

Em primeiro lugar, gostariamos de registrar nossa decepção com o que aconteceu na Audiência Pública referente ao PL que prevê a retirada gradativa das carroças.

Uma vergonha para São Leopoldo, ter “representantes do povo” que se escudam no discurso do “preconceito”, sem ver que o preconceito é carregado dentro dele mesmo para justificar sua falta de preparo, de educação, de ética e de respeito.

 

Em segundo lugar, gostariamos de chamar atenção para o fato de que, em todas as manifestações dos representantes dos carroceiros, foi alegada a sua pobreza, a dificuldade em alimentar as “criancinhas”, o abandono a que estão sujeitos, em uma sociedade que não os ajuda. Mas quando uma alternativa é proposta, não admitem sequer discutir uma mudança de vida e gritam, a plenos pulmões, que são carroceiros com muito orgulho. Afinal, o que eles querem? Seguir como estão para continuarem desempenhando o papel de vítimas da sociedade, sem responsabilidades, ou trabalharem, como todos os outros trabalhadores do pais, que lutam diariamente para viverem uma vida com dignidade e respeito, sem ficar choromingando que o mundo é injusto.

 

E finalmente, é preocupante a ideia que eles estão apresentando sobre alternativas. Na sessão da semana passada o representante dos carroceiros usou essa expressão, ipsis litteris: “quem sabe daqui há dois, três anos, passar a roubar, né pessoal, passar a roubar”. E ontem, ameaçando os protetores, disseram que vão largar as carroças, comprar armas e assaltar os protetores “ricos”. O que é isso? Que bando de marginais se esconde debaixo das figuras sofredoras? Que tipo de pessoa pensa, como alternativa ao desemprego, armar-se para entrar na criminalidade? Certamente o mesmo tipo de pessoa que agride e mal trata seu animal.

 

Não podemos ser coniventes com essa farsa do “coitadismo”. São pessoas, não são cidadãos, pois não tem direitos nem obrigações, que merecem respeito e oportunidades. Mantê-los na situação miserável em que se encontram não é correto nem justo. Mas dar ouvidos à incoerência, ao discurso vazio, sem argumentos e furioso, é uma temeridade.

 

Quanto aos cavalos, todos sabemos que aqueles que são recolhidos moribundos ou mortos, “nunca tem dono”... Todos sabem de quem é cada cavalo, eles se conhecem e a aquisição de animais, “todos” sabemos que faz parte de uma máfia... Portanto, aquele arroubo de “vamos punir os que maltratam” é mais uma mentira. Eles maltratam, eles deixam os animais para apodrecer, e TODOS sabem de quem é o cavalo, mas ninguém fala. Mais uma farsa, que esperamos que os senhores vereadores não se deixem iludir por ela.

 

Claro que estaremos atentos e interessados na votação de hoje, especialmente em um ano eleitoral. Não se iludam, os carroceiros fazem parte de uma minoria (numérica) da população leopoldense e vamos nos encarregar de dizer para toda a cidade, quem é à favor da mentira, da exploração, da crueldade, e quem está ao lado da verdade.

Compartilhar
Comportilhar
Please reload

Posts Em Destaque
Posts Recentes

January 26, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • 1485290374_Mail
  • Facebook Basic Square

ESPERAMOS SEU CONTATO

Movimento Gaúcho de Defesa Animal
São Leopoldo/RS
Brasil

MGDA  2017

  • 1485290374_Mail
  • Facebook Social Icon