A situação do zoológico de Sapucaia do Sul/RS

February 14, 2019

Na postagem que fizemos na última terça-feira (12/02) sobre o Zoológico de Sapucaia do Sul, quando colocamos o exemplo do recinto da fêmea de urso de óculos, Lisiane Lima fez um comentário sobre os movimentos repetitivos que observou em vários animais, o que é sabidamente um sinal de estresse.

 

Também observamos isso. No vídeo abaixo, flagramos um tigre com esse comportamento. Por mais de 20 minutos ficamos diante do recinto, e durante todo esse tempo ele  caminhou de um lado para o outro, percorrendo o mesmo trajeto.

 
Uma cena deprimente, se levarmos em conta que os tigres são os maiores felinos,  gostam de viver em locais com presença de árvores e uma vegetação alta e densa, para escalarem, camuflarem-se e se protegerem do sol.
Animais que podem percorrer até 20 km de distância em uma só noite, podem correr a uma velocidade de mais de 60 km/h, e mesmo assim, o ser humano o limita a um recinto de 70 m², essa é a exigência do IBAMA (lembrando que isso significa uma área de 7m x 10m) para dois indivíduos. E como se pode observar,  no Zoo de Sapucaia do Sul, vivem em um recinto árido, muito distante do habitat natural de um animal dessa espécie.


Até quando seremos obrigados a testemunhar, de braços cruzados, toda essa violência contra os animais?
Em governos passados não tivemos oportunidade de diálogo, e a ação do Poder Público foi na contramão dos interesses do meio ambiente e dos animais.
Agora temos esperanças de que o Governo Eduardo Leite se posicione em favor dos animais e da questão ambiental.

 

 



Confira o vídeo:encurtador.com.br/cdqsv

 

 

Compartilhar
Comportilhar
Please reload

Posts Em Destaque
Posts Recentes

January 26, 2019

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • 1485290374_Mail
  • Facebook Basic Square

ESPERAMOS SEU CONTATO

Movimento Gaúcho de Defesa Animal
São Leopoldo/RS
Brasil

MGDA  2017

  • 1485290374_Mail
  • Facebook Social Icon